Você sabe o que é importação?

De forma simples e resumida a importação é uma atividade comercial caracterizada pela entrada de produtos ou serviços em um determinado país.

Importar refere-se ao processo comercial de inserir em um país produtos ou serviços originados de outro(s) país(es). Por exemplo, o Brasil importa gás natural da Bolívia.

Muitas vezes, um país importa para atender a demanda de produtos que não pode produzir, ou de serviços capazes de agregar em operações.

A importação pode ocorrer através dos mais diversos modais de transporte: aéreo, marítimo, rodoviário e ferroviário e ainda, existem os casos que podem exigir um transporte multimodal, ou seja, a utilização de mais de um modal de transporte.

O processo de importação envolve diversas fases e exigências burocráticas, principalmente ligadas às áreas: administrativa, fiscal e cambial.

Na fase administrativa, por exemplo, ocorre o licenciamento da importação. A fase fiscal acontece no momento em que a mercadoria chega ao país importador; nesta etapa ocorre o recolhimento dos tributos devidos na importação. Já a fase cambial refere-se à compra de moeda estrangeira para efetivar o pagamento da importação.

Para todo país importador há um país exportador, uma relação fácil de ser explicada. Como já vimos, aquele que exporta envia seus produtos ou serviços, e aquele que importa recebe produtos ou serviços, isso quer dizer didaticamente, que se uma atividade não existisse a outra também não existiria.

Geralmente, a importação apresenta algumas vantagens: baixo custo de aquisição da moeda em relação ao país comprador, variação cambial favorável à importação, baixa agregação de mão de obra, e outros.

O que o Brasil importa?

Dados da Balança Comercial Brasileira, divulgados pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), demonstram que 45% do total de importações brasileiras são de matérias-primas usadas na produção industrial.

Os produtos mais importados são:

  • Combustíveis, como petróleo bruto e óleos.
  • Equipamentos mecânicos utilizados principalmente no setor industrial.
  • Elétricos e eletrônicos, a exemplo de computadores, tablets e smartphones.
  • Automóveis, ou partes e peças para veículos.
  • Produtos químicos orgânicos e inorgânicos.
  • Plástico e suas obras. Ceras, borrachas sintéticas, polímeros e outros.
  • Ferro, aço e derivados.
  • Produtos farmacêuticos.

Da mesma forma que caracterizamos o Brasil como um país exportador, concluímos agora que ele também é um país importador; e assim como a atividade comercial primeiramente citada, a importação também pode ser influenciada e estrategicamente modificada devido a situações políticas e econômicas dos países envolvidos na operação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: